Site Autárquico Silves

ÁREA PSI-COMUNITÁRIA

 

Objetivo

Intervir ao nivel da orientação, formação, informação e apoio, de caráter psicológico, junto de grupos específicos da comunidade, prevenindo e/ou colmatando riscos e problemas psicossociais de vulnerabilidade e exclusão social.

 

Intervenção

1. Serviço de Apoio e Acompanhamento Psicológico (SAAP - Adultos)

  • Destinado à população adulta em geral, através da respetiva sinalização por parte dos próprios ou encaminhados por outros serviços;
  • Funciona um dia por semana e trata-se de um espaço de acompanhamento individual e confidencial, dirigido a adultos com idade igual ou superior a 31 anos;
  • Sempre que se justifique, são efetuados encaminhamentos dos casos para outros serviços da comunidade, numa perspetiva de articulação intersetorial ou interinstitucional, como forma de incrementar a qualidade e eficácia da intervenção;
  • Em termos temporais, esta área é desenvolvida ao longo de todo o ano.

      NOTA: O Sector de Psicologia, sempre que se justifique, desloca-se ainda às várias Freguesias do Concelho, no sentido de dar resposta a situações problemáticas, de cariz psicossocial.

 

2. Intervenção Psicológica em Situação de Reclusão

  • Decorrente do acordo de colaboração celebrado entre o Município de Silves e a Direção Geral de Reinserção e Serviços Prisionais, é prestado acompanhamento psicológico a reclusos do Estabelecimento Prisional de Silves, consoante as necessidades sentidas por parte da equipa técnica de reeducação do referido estabelecimento;
  • Esta intervenção psicológica tem um carácter semanal e preconiza, como objetivo último, promover a mudança e comportamentos desadequados e prevenir o risco de reincidência criminal;
  • Em termos temporais, esta área é desenvolvida ao longo de todo o ano.

 

3. Intervenção Psicológica em Situação de Toxicodependência

  • Decorrente do acordo de colaboração celebrado entre o Município de Silves e a Comissão para a Dissuasão da Toxicodependência de Faro, é prestado acompanhamento psicológico a todos os que apresentem um comportamento de consumo problemático de substâncias psicoativas e que sejam residentes no concelho de Silves;
  • O CDT, por seu lado, em colaboração com o sector de psicologia, desenvolve ações de sensibilização destinadas à comunidade em geral do concelho, com o intuito de prevenir eventuais consumos;
  • Esta intervenção psicológica tem um carácter pontual, sempre que se justifique e a pedido do CDT;
  • Em termos temporais, esta área é desenvolvida ao longo de todo o ano.

 

 

4. Formação

  • Tendo em conta as necessidades formativas da comunidade em geral, o Sector de Psicologia dinamiza diversos momentos de formação.