Site Autárquico Silves

Sistema de Rega

O objectivo da rega em espaços verdes é o fornecimento eficiente de água para garantir que

a vegetação se mantenha viva e em bom estado de conservação, para que o espaço tenha

a função e a estética desejada.

Para se atingir os objectivos acima mencionados a água tem de ser fornecida em quantidade

necessária e distribuída o mais uniformemente possível.

O sistema de rega nos espaços verdes do concelho, ao longo dos últimos anos tem assistido a uma constante evolução.

• Até 1991 a rega era feita á mangueira;

• Em 1992 iniciamos a instalação de rega por aspersão (A água é distribuída no solo sob a forma de chuva);

• Em 1993 iniciamos a instalação de rega gota-gota enterrada ( A água é distribuída por gotejamento em pontos do solo).

O Município de Silves iniciou um projecto em 1993 em parceria com uma equipa de israelitas da empresa multinacional NETAFIM, líder mundial do mercado de rega localizada, com a finalidade de aumentar a eficiência de rega nos espaços verdes, utilizando um sistema de rega gota-gota enterrada na concepção de jardins e envolvendo empresas de rega locais.

Sendo um sistema que permite uma eficiência de 99% na distribuição de água, ao contrário da rega por aspersão até então utilizado na concepção de jardins, este projecto foi pioneiro a nível nacional, obteve excelentes resultados, e actualmente está implementado em 90% dos jardins do concelho de Silves, num total de 780.000 metros de tubo gota-gota enterrado.

  

• Em 2000 iniciamos a utilização de tubo com anti drenagem (CNL). O sistema anti-drenante (CNL) é utilizado para proporcionar eficiência à irrigação por pulso, previne a drenagem e elimina a necessidade de repreenchimento das linhas laterais com água.

Para complementar este projecto de distribuição de água, no ano 2000 iniciou-se o projecto de Telegestão de Rega nos espaços verdes do concelho com a implementação de satélites de campo a interagir com um software de gestão de rega associado a uma estação meteorológica.

Com este sistema de telegestão de rega só se vai dar às plantas as dotações de água de que realmente necessitam de acordo com os valores de evapotranspiração real, fornecidos pela estação meteorológica.

Com o controlo de rega à distância, houve uma redução de 30% em consumos de água durante o verão, resultado de dotações de água correctas durante a rega e de 50% durante o inverno, por regas feitas considerando as necessidades reais das plantas regando menos tempo e não regando em dias de chuva.

• Em 2011 iniciamos a utilização de tubagem de baixo caudal. (Nano irrigação) A nano irrigação baseia-se no seguinte princípio: para a mesma quantidade de água distribuída ao solo, quanto menor for o caudal maior será o diâmetro do bolbo húmido.

Com dois sistemas de ajuda ao controlo e distribuição de água com índices de rigor acima dos 90%, ajudados pela possibilidade de utilização de águas residuais (exemplo de Alicante em Espanha) contribuiremos para continuar a ter um oásis no verão com custos de utilização de água baixos, de forma mais eficiente em beneficio da qualidade de vida dos munícipes do nosso concelho.