Site Autárquico Silves

Resíduos Especiais

Consideram-se resíduos especiais aqueles que, pelas suas características e dimensões, se encontram sujeitos a um circuito diferente e independente dos resíduos urbanos.

  • Pneus

    A responsabilidade pela recolha de pneus usados cabe ao produtor. No local de compra do novo são obrigados a receber os pneus usados, para troca.

    A entidade gestora de recolha e destino final de pneus em Portugal é a Valorpneu.

  • Medicamentos

    As embalagens de medicamentos e os medicamentos fora de prazo deverão ser entregues nas farmácias. Não deite os medicamentos para o esgoto nem para o contentor dos resíduos urbanos pois estes contêm muitos químicos.

    A entidade de recolha e destino final dos medicamentos em Portugal é a Valormed.

  • Resíduos Industriais

    Os resíduos industriais, por representarem um perigo para a população e para as pessoas que procedem à sua recolha, não podem ser depositados nos contentores destinados aos resíduos urbanos.

    Os industriais são responsáveis pelo encaminhamento adequado dos resíduos produzidos nas suas instalações.

    Para mais informações sobre o correcto encaminhamento de resíduos industriais e para aceder à lista de operadores de resíduos não urbanos consulte o site da Agência Portuguesa de Ambiente.

  • Óleos Lubrificantes

    Os óleos são um resíduo em que no local de compra do novo são obrigados a receber o óleo usado, por troca. As oficinas dos hipermercados que vendem óleos lubrificantes devem receber os óleos usados.

    Este tipo de resíduos é poluente e não pode ser depositado nem nos contentores dos resíduos urbanos nem nos oleões.

    Refira-se ainda que é proibido a deposição destes resíduos no esgoto ou no solo.

  • Veículos em fim de vida (VFV)

    Os veículos em fim de vida deverão ser entregues a um operador autorizado para proceder ao seu desmantelamento.