Site Autárquico Silves

NOVA TEMPORADA JAZZ NAS ADEGAS

03/10/2018

Consolidando o evento como uma referência no panorama cultural do Algarve, a terceira edição do Jazz nas Adegas terá início no próximo dia 12 de outubro e estender-se-á até maio de 2019. Esta atividade, organizada pela Câmara Municipal de Silves, integra, mais uma vez, a programação cultural 365 Algarve e conta com produção artística do Ginásio Clube de Faro. A iniciativa pretende dinamizar culturalmente os locais onde se produzem os Vinhos de Silves, numa simbiose entre o vinho, o seu produtor e a música, proporcionando uma experiência única ao público, em locais pouco usuais para a apresentação de um concerto de Jazz.
Após duas edições de adegas lotadas, a grande novidade para o ciclo 2018/2019 do Jazz nas Adegas é o aumento da sua oferta, que triplica, para um total de 24 sessões. Mas as novidades não se ficam por aqui: além da adesão de novos produtores dos Vinhos de Silves, o jazz e o vinho ligam-se a novos valores identitários de Silves: a cortiça, a poesia e o património monumental.
Será assim que, de outubro a maio, ao vinho, enquanto produtor regional de excelência, irão associar-se importantes formações de jazz, de estilos e repertórios variados. Os concertos são acompanhados de provas dos vinhos produzidos pelas adegas anfitriãs, e contemplam, ainda, a degustação de tapas de produtos locais, num conceito de reconhecido sucesso que marca a oferta cultural de qualidade na época baixa de procura turística pelo Algarve.
A primeira sessão do Jazz nas Adegas, que contará com a atuação do grupo The Pocket Band, está agendada para os dias 12 e 13 de outubro, com início, respetivamente, pelas 21h00 e 17h00, na Quinta do Outeiro, em Silves, produtor das marcas Paxá Wines e Quinta do Outeiro.
As restantes sessões do Jazz nas Adegas terão lugar nos seguintes dias/locais e com os seguintes artistas:


2.nov. 21h00 | 3.nov. 17h00
4’Teto Luís Nascimento
Quinta da Vinha, Silves
Marca: Vinhos Cabrita

10.nov. 17h00 | 11.nov. 21h00
Bruno Pedroso Trio
Quinta do Francês, Silves
Marcas: Quinta do Francês e Odelouca

01.dez 21h00 | 02.dez 17h00
Hot Four
Quinta dos Vales, Lagoa

18.jan. 21h00 | 19.jan. 17h00
Zeus Faber
Quinta João Clara, Alcantarilha
Marca: João Clara

09.fev. 21h00 | 10.fev. 17h00
Quarteto Ana Alves
Quinta do Barradas, Silves
Marca: Barradas

22.fev. 21h00 | 23.fev. 17h00
Analog Music Project
Quinta da Rosa, Silves
Marca: JAAP

08.mar. 21h00 | 09.mar. 17h00
Paulo Strak Trio
Herdade Barranco do Vale, SB Messines
Marca: Herdade Barranco do Vale

15.mar. 21h00 | 16.mar. 17h00
Tamal Hot Band
Quinta de Mata Mouros, Silves
Marcas: Euphoria, Imprevisto e Convento do Paraíso

12.abr. 21h00 | 13.abr. 17h00
Mo Francesco Quintetto
Quinta da Malaca, Pêra
Marcas: Malaca e Vale de Parra

26.abr. 17h00
Rerum Ensemble
Corticeira Amorim, Silves

17.mai. 21h00 | 18.mai. 17h00
Desidério Lázaro Trio
Quinta do Barranco Longo, Algoz
Remexido, KO, Barranco Longo e QUÊ

25.mai. 17h00
Miss Manouche
Castelo de Silves

Os ingressos têm um custo associado de 12 euros (inclui, para além do concerto, prova de vinhos do produtor, degustação de tapas de produtos locais, voucher de visita ao Castelo e Museu Municipal de Arqueologia e a oferta de uma garrafa de vinho), encontrando-se já à venda os bilhetes do primeiro concerto com os The Pocket Band na plataforma BOL (clique aqui) ou num dos seguintes locais: FNAC, Worten, El Corte Inglés, CTT Correios, Pousadas da Juventude, Quiosques Serveasy. O evento destina-se a maiores de 18 anos.


+ Info: Sector de Turismo da CMS | tel.: 282 440 800 | email: turismo@cm-silves.pt;


QUINTA DO OUTEIRO
A Quinta do Outeiro com uma plantação de 13 hectares, situada a sudeste de Silves, cidade com amplas referências vinícolas é influenciada pela proximidade do mar, exposição solar e microclimas que em coexistência com solos argilosos e calcários contribuem para a formação de um terroir especial.
Esta conjuntura aliada ao controlo rigoroso nos vários estádios da vinha, adicionada à pluralidade de castas ajudam a criar um produto que pretende conquistar o seu espaço no panorama vinícola.
A Paxá Wines veio fazer jus à concretização de uma paixão antiga, partilhada pelo filho Tiago, o nome "Paxá" foi a denominação encontrada para melhor a representar. Designação essa que era atribuída aos governadores da província do Império Otomano, época a que remontam as produções vinícolas na região, a qual corresponde atualmente ao título de Excelência.

 

THE POCKET BAND
Os The Pocket Band nasceram da necessidade imperiosa de formar um projeto que resultasse em formação de Trio. Três músicos criativos com vasta experiência profissional unem-se para oferecer um projeto único e inovador. O repertório viaja por temas tradicionais de jazz com ritmos criativos que vão do swing à música brasileira, cubano, flamenco, funk e pop. Os The Pocket Band revelam uma nova forma de fazer música, adaptando a interpretação dos temas aos locais e ao público presente.

Documentos para Download