Site Autárquico Silves

Projeto da Área Marinha Protegida de Interesse Comunitário

Parque Natural Marinho do Recife do Algarve - Pedra do Valado

 

Acreditando que é possível existir uma utilização sustentável do mar a par com a preservação e proteção dos seus valores naturais, e reconhecendo a excelência do ecossistema da Baía de Armação de Pêra, o Município de Silves, a Junta de Freguesia de Armação de Pêra, a Associação de Pescadores de Armação de Pêra, a Universidade do Algarve, através do Centro de Ciências do Mar (CCMAR), e a Fundação Oceano Azul, constituíram-se como promotores e dinamizadores da criação de uma Área Marinha Protegida de Interesse Comunitário.

Esta baía beneficia de condições particulares e do maior recife rochoso costeiro de Portugal. No entanto, este recife encontra-se impactado por diversas atividades humanas, que podem colocar em risco a conservação deste importante ecossistema.

Pelo que, unidas pelo interesse e vontade comuns em proteger a extrema riqueza deste recife, estas entidades pretendem alcançar uma utilização sustentável, promovendo a pesca local e o turismo de natureza sustentáveis, a par com a sua preservação e a proteção dos seus valores naturais, biodiversidade e serviços (capital natural azul).

Ao longo do processo participativo que visa a criação da Área Marinha Protegida de Interesse Comunitário, rapidamente se tomou consciência da importância desta iniciativa não apenas para o concelho de Silves, mas para toda a região do Algarve, e daí que seja hoje um projeto intermunicipal, que integra também os Municípios de Albufeira e Lagoa.

Para saber mais sobre a criação da Área Marinha Protegida de Interesse Comunitário e sobre os passos que têm sido dados com vista a alcançar tal propósito, consulte os documentos disponibilizados nesta página.

Ponto de situação:
Teve lugar no passado dia 5 de fevereiro uma sessão de apresentação da proposta final da AMPIC – Área Marinha Protegida de Interesse Comunitário.
No seguimento desta sessão poderão ser enviados pedidos de esclarecimento sobre as apresentações efetuadas, até ao dia 12 de fevereiro, para o endereço de email mrangel@ualg.pt.
As respostas aos pedidos de esclarecimentos recebidos, bem como às questões colocadas durante a sessão e às quais, na altura, não tenha sido dada resposta, serão prestadas, previsivelmente, até ao dia 19 de fevereiro.
Toda a documentação associada a esta apresentação poderá ser consultada nesta página (apresentação da proposta final + mapeamento e valorização das atividades suportadas pela costa de Albufeira, Lagoa e Silves).
A forma como as organizações e comunidades locais e regionais se envolveram neste processo participado e transparente é um sinal inequívoco de uma cidadania responsável e promissora de esperança no desenvolvimento da região do Algarve e do país.

 

» Audição Parlamentar de entidades envolvidas no processo de criação de uma Área Marinha Protegida de Interesse Comunitário do Algarve: Universidade do Algarve, Centro de Ciência do Mar (CCMar) e Fundação Oceano Azul (05.março.2021) » consulte aqui

» Audição Parlamentar de entidades envolvidas no processo de criação de uma Área Marinha Protegida de Interesse Comunitário do Algarve: Região de Turismo do Algarve, Município de Silves, Município de Lagoa e Município de Albufeira (10.março.2021) » consulte aqui

 

 

Multimédia0