Site Autárquico Silves

TEATRO MASCARENHAS GREGÓRIO ACOLHE ESPETÁCULO DE BENEFICÊNCIA COM QUARTETO DE GUITARRAS CONCORDIS

TEATRO MASCARENHAS GREGÓRIO ACOLHE ESPETÁCULO DE BENEFICÊNCIA COM QUARTETO DE GUITARRAS CONCORDIS

Ações apoiadas

13 de novembro de 2017

Numa iniciativa promovida pelo Silves Rotary Club, o Teatro Mascarenhas Gregório acolhe no próximo dia 18 de novembro, pelas 20h30, um concerto de beneficência com o Quarteto Concordis. A iniciativa conta com o apoio da Câmara Municipal de Silves.

Os bilhetes têm um custo associado de 20 euros, revertendo a receita do evento a favor da Casa do Povo de Messines.

Criado em 2005, o Quarteto Concordis, é formado por músicos de personalidades e influências várias, submergindo como tónica a beleza tímbrica e sonora que as quatro guitarras podem proporcionar em conjunto. João Nunes, Pedro Rufino, Jorge Pires e Eudoro Grade são os membros deste quarteto.

O telefone 933 374 865 e o email sueloram@gmail.com são os contactos da organização disponíveis para efeitos de reservas. Mais informações poderão ser recolhidas através dos contactos 282 330 242 e 968 335 856.


+ sobre o Quarteto Concordis
A sua orientação musical posiciona-se e torna relevante a originalidade e diversidade dos mais variados ambientes musicais que o vasto repertório possibilita e permite através da divulgação de novas obras nacionais e internacionais em contextos de diferentes estilos onde cada sonoridade nos
transporta para uma estética própria.
O Quarteto Concordis propõe uma declaração provocativa que tende a realçar o ato criativo não só
numa musical proposição singular ou numa atitude madura e reflexiva – como expressão de cultura –
mas também como resultado de uma nova visão do mundo que requer a reconquista dos grandes valores do espírito.

O Quarteto de Guitarras Concordis para além do reportório internacional que seleciona tem como um dos seus principais propósitos a divulgação da música portuguesa. No concerto de hoje apresenta obras de Carlos Paredes (1925-2004) e de José Afonso (1929-1987).
Paredes é conhecido por ser um virtuoso e compositor da guitarra portuguesa. Tocou com Charlie Haden e ficou conhecido como O mestre da guitarra portuguesa ou O homem dos mil dedos. A Rainha Isabel II rendeu-se aos seus encantos e exclamou no final dum concerto: "Such incredible nails!". As obras hoje tocadas foram compostas para guitarra portuguesa solo, mas o compositor Pedro Louzeiro adaptou-as de tal forma que a sonoridade do quarteto de guitarras clássicas se assemelha muito ao do instrumento da versão original.
José Afonso foi um cantor e compositor português. Foi opositor do governo fascista e a sua canção “Grândola, Vila Morena” viria a ser a senha para o golpe militar de 25 de Abril de 1974 contra o regime. Toda a sua música tem uma forte influência popular. “Era um redondo vocábulo” e “Índios da meia Praia” são canções com poemas escritos pelo próprio José Afonso. Esta última faz parte da banda sonora de um filme sobre a construção de um bairro de pescadores da aldeia de Meia Praia (Algarve) depois da revolução de 25 de Abril). “Verdes são os campos” é uma canção construída sobre um poema de Luís Vaz de Camões, o grande poeta português do séc. XVI. A proposta do Quarteto de Guitarras Concordis é transmitir toda a beleza da voz de J. Afonso e a sua poesia destas canções através de quatro guitarras.